Comunicar Mais      
Alagoinhas recebe Caravana da Justiça Social na sexta-feira (17)Bahia    Imprimir

14/06/2016 23:00
Alagoinhas recebe Caravana da Justiça Social na sexta-feira (17)
iniciativa oferece à população serviços nas áreas de assistência social, jurídica, direitos humanos, cidadania, acessibilidade, protagonismo juvenil e saúde

Redação CM 1 comentrio          

A Caravana da Justiça Social desembarca no município de Alagoinhas, localizado no Território de Identidade do Litoral Norte e Agreste Baiano, nesta sexta-feira (17). A iniciativa oferece à população serviços nas áreas de assistência social, jurídica, direitos humanos, cidadania, acessibilidade, protagonismo juvenil e saúde. 

No Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães, das 8 às 14h, estarão concentrados os serviços de emissão de gratuidade de carteira de identidade (RG), certidão de nascimento e casamento, carteira de trabalho; solicitação de Passe Livre Intermunicipal para pessoa com deficiência e atendimento aos direitos do consumidor, com a equipe do Procon.

Estarão também disponíveis na Caravana da Justiça Social serviços de saúde, como a marcação de exames e consultas, teste rápido de HIV e glicemia, vacinação e distribuição de preservativos, pela Secretaria Municipal de Saúde de Alagoinhas, além do Cadastro do Bolsa Família e orientação aos beneficiários da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Iniciativa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), a Caravana oferece cursos, oficinas, capacitação e serviços das áreas de assistência social, segurança alimentar, justiça, direitos humanos, cidadania, acessibilidade, protagonismo juvenil, saúde e atividades de lazer para as famílias do estado.

Durante os meses de junho e julho, a Caravana ainda passará pela Região Metropolitana de Salvador, em Lauro de Freitas; pelo Sudoeste Baiano, em Vitória da Conquista, Planalto e Anagé; Baixo Sul, em Valença; e Litoral Sul, em Itabuna. Também serão realizadas visitas técnicas aos equipamentos e serviços financiados e co-financiados pela SJDHDS nesses municípios, na perspectiva de estreitar a relação de parceria técnica, institucional e política do Estado com os municípios. 

 

 



Notcias Relacionadas

  • Cão preso em laje é resgatado no IAPI com liminar da Justiça

  • Lei transfere para Justiça Militar julgamento de crimes contra civis

  • CNJ decide investigar folha de salários de juízes de todo o país

  • Barroso libera para julgamento do STF ação sobre auxílio-moradia para juízes

  • CCJ do Senado aprova reajuste para salários de ministros do Supremo Tribunal Federal

  • STF determina que WhatsApp seja imediatamente restabelecido em todo país

  • Juíza do Rio de Janeiro ordena bloqueio do WhatsApp

  • STF quebra sigilo de advogados que atuam na Operação Lava Jato


  • ComentriosComentar Notcia
    FVMvTc1T6
    01/03/2017 03:05
    Anonyme de 11h02 : « Saint Barbe : patronne des alchimistes, sa fête est associée à des rites de fécondités ou de divination. »Il existait donc bien des Barbe féminines… Ce n’était pas qu’une pure élucubration de parents déssusooléb… Mais y aurait-il eu des Barbe masculins ?Peut-être, mais en tous cas sur les bateaux comme celui de Surcouf, c’est dans la chambre d’une femme que l’on entreposait la poudre qui fait boum-boum : la sainte-barbe.
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE