Comunicar Mais      
Aeronáutica ajuda a combater chamas na Chapada Diamantina Bahia    Imprimir

17/11/2015 17:17
Aeronáutica ajuda a combater chamas na Chapada Diamantina
Aeronave empregada no incêndio pode transportar até 12 mil litros de água

Da Redação 0 comentrio          

Uma aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB), decolou da Base Aérea de Brasília, no início da tarde desta terça-feira (17), rumo ao município de Lençóis, na Bahia. O avião leva 20 toneladas de materiais para apoiar o combate ao incêndio na Chapada Diamantina. Cerca de 20 militares vão dar suporte à missão.

No carregamento, estão compressor, piscinas, empilhadeira e fonte de força, além de material que dá suporte ao sistema chamado MAFFS, do inglês Modular Airbone Fire Fighting System. O equipamento é composto por cinco tanques de água, dois tubos que se projetam pela porta traseira do C-130 e pode levar até 12 mil litros de água.

Um segundo Hércules com o sistema MAFFS instalado será empregado no combate às chamas na área de preservação ambiental. Também foi engajado um helicóptero H-34 Super Puma para apoiar a missão com o transporte de brigadistas até pontos de difícil acesso da Chapada. A estimativa é que o trabalho de colaboração da FAB inicie nas próximas horas. 

Coalizão - Os aviões da FAB irão se juntar aos outros quatro modelos Air Tractor e dois helicópteros, já enviados à Chapada Diamantina pelo Governo do Estado. Sete veículos, também enviados pelo Estado, estão sendo utilizados para transporte de bombeiros e brigadistas em áreas de difícil acesso, no combate às chamas na região.

Também foi disponibilizado pelo Exército Brasileiro três carros-pipas, quatro jipes marruá para o transporte de equipamentos e pessoal. Juntamente com os equipamentos, o Exército envia 21 militares para que possam operar esses equipamentos. "A situação é muito crítica e ainda não está controlada. Estamos empregando todo o efetivo necessário e já identificamos uma redução no número de focos de incêndio desde a última sexta", pontuou o governador.

Avião Hércules C-130 da FAB

Rui destacou ainda o apoio e a participação que as prefeituras de Lençóis, Palmeiras, Wagner, Andaraí, Utinga e Iraquara estão dando com a disponibilização de sete carros-pipas para que o fogo seja controlado o mais rápido. "O trabalho na área também envolve peritos que têm como finalidade identificar o que deu início às chamas. Não podemos deixar que a região seja destruída, e estamos reunindo todos os esforços para que o problema seja superado o mais rápido possível", acrescentou o governador. 

Para dar apoio às equipes de campo, o Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio) enviará neste domingo (15) mais dois aviões Air Tractor e um helicóptero. “O governo estadual e governo federal estão atuando em parceira para que os incêndios acabem o quanto antes na região e possamos deixar a comunidade e os turistas mais tranquilos”, completou Rui.

No sábado (14), o governador determinou a ida do secretário do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Francisco Telles, à região. Eles sobrevoaram a área atingida pelas chamas e permanecem na cidade de Lençóis identificando outras medidas que poderão ser tomadas para que o problema seja definitivamente resolvido.


Notcias Relacionadas

  • FAB abre processo seletivo para controladores de tráfego aéreo

  • Avião da FAB vai resgatar brasileiros em ilha do Caribe atingida por furacão

  • FAB intercepta aeronave que transportava 500kg de cocaína

  • Governo distribui livros para formação de professores da educação infantil


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE