Comunicar Mais      
Marcha da Defesa Animal acontece neste domingo (18) no Porto da BarraGrande Salvador    Imprimir

17/09/2016 12:00
Marcha da Defesa Animal acontece neste domingo (18) no Porto da Barra
Movimento pede castração gratuita, hospital público veterinário e aumento da pena para crime de maus tratos

Redação CM 1 comentrio          

Idealizada em 2013, pela defensora e ativista Nelma Lucia Lobo, na cidade de São Paulo, a Marcha da Defesa Animal terá mais uma edição neste domingo (18). Na pauta das manifestações: a defesa desses seres indefesos e políticas públicas que os protejam. 

Em Salvador, a Marcha será iniciada às 15h, com saída do Porto até o Farol da Barra. Mais de 50 cidades brasileiras estarão unidas com o objetivo de conscientizar e mostrar o quanto os animais sofrem com a falta de punições adequadas aos crimes cometidos a eles. 

O movimento pede ainda castração gratuita, hospital público veterinário e aumento da pena (reclusão) para crime de maus-tratos, abandono e demais crimes cometidos aos animais. 


Na Internet já circula uma petição pública online da Marcha da Defesa Animal®, que reivindica penas de 8 a 10 anos de reclusão para todos os tipos de crimes.

"É imprescindível cobrar das nossas autoridades mais eficácia e seriedade no tratamento das questões que envolvem maus tratos contra os animais.", diz o presidente da União das Entidades Protetoras dos Animais da Bahia (Unimais) Carlos Ferrer.

Os organizadores do evento, que abrange todos animais, domésticos ou silvestres, dizem não contar com nenhum apoio político ou de grandes empresários, os quais deveriam demonstrar a vontade da população por mudanças nas leis e nas atitudes do poder público. 


Ainda segundo os organizadores do evento em Salvador, a participação de políticos será permitida, porém limitada àqueles que verdadeiramente são engajados à causa: "limitamos a organização da Marcha da Defesa Animal a políticos, candidatos a cargos políticos, partidos ou representantes destes, direta ou indiretamente. Isso não impede - muito pelo contrário - que estes possam participar, possam divulgar a manifestação em seus sites e páginas, possam se colocar a favor, possam defender a causa.

Nós temos a consciência de que existem muitos protetores políticos, mas também sabemos que existem muitos políticos protetores - aos montes. E esses, quando nós precisamos deles, não os encontramos.

Sendo assim, a central da Marcha da Defesa Animal decidiu que vai dar a chance aos que verdadeiramente estão engajados na causa da proteção animal mostrarem sua real intenção, tirando do caminho, qualquer objetivo que não seja a defesa dos direitos dos animais."

 


Notcias Relacionadas

  • Atirador ameaça cães e seus guardiões no município de Central (BA)

  • Supremo Tribunal Federal considera vaquejada ilegal

  • Ativistas pelos direitos dos animais pedem delegacia especializada a Rui Costa

  • Homem que obrigou cão a comer próprias fezes em Salvador é procurado

  • Acusada do desaparecimento de gata em condomínio em Salvador é denunciada pelo MP-BA

  • Homem que acorrentava cães em Cajazeiras XI será processado

  • Vereadora de Salvador classifica vaquejada como "circo de horrores" e elogia STF ao proibir prática

  • Ambulante agride protetora de animais na Ribeira por tentar defender cão atingido por pedra


  • ComentriosComentar Notcia
    LuwsbrZwutCz
    01/03/2017 03:07
    heisan MooDnrea....met var jo en kjempefin ide, en stokk med lys på til jul. Veldig praktisk og lettvint også da..Nydelig bilde!En stor HEIA Brann klem fra meg
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE