Comunicar Mais      
Venda ilegal de animais é flagrada em Lauro de FreitasGrande Salvador    Imprimir

09/10/2016 20:00
Venda ilegal de animais é flagrada em Lauro de Freitas
Lei da cidade proíbe o comércio de animais em vias públicas desde junho deste ano

Redação CM 1 comentrio          

Diretores da Rede de Mobilização pela Causa Animal (Remca), que atua no município de Lauro de Freitas flagrou, neste sábado (09), a venda ilegal de filhotes de cães no bairro de Vilas do Atlântico. Desde junho de 2016, está em vigor a Lei Municipal 1.618 que regulamenta o comércio de animais da cidade.  

Ao flagrar o crime, o grupo, liderado pela presidente da Remca, Graça Paixão, se dirigiu à 23ª Delegacia de Polícia de Lauro de Freitas, acompanhada da advogada e vereadora por Salvador, Ana Rita Tavares para registrar a denúncia. "O que vimos aqui caracteriza como crime de maus tratos, pois os animais são expostos em gaiolas minúsculas nas vias públicas, muitas vezes sem água nem comida. É preciso fazer justiça em defesa desses indefesos e por isso estamos aqui.", indignou-se Ana Rita. 


O artigo  da Lei diz que, "...entende-se por
 maus tratos contra animais toda e qualquer ação decorrente de imprudência, imperícia ou ato voluntário e intencional, que atente contra sua saúde e necessidades naturais, físicas e mentais.."


Após a aprovação da Lei de Proteção Animal 1618/16, denominada Lei Remca, a entidade vem realizando intenso trabalho de monitoramento do comércio ilegal de animais em via pública, sobretudo na 1ª Portaria de Vilas do Atlântico.

De acordo com a Remca, eles contam com um aparato da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas, através da formalização das denúncias via telefone e WhatsApp.

Ainda segundo a ONG, a Superintendência de Ordem Pública do municipio de Lauro de Freitas (Suop), vem trabalhando para fazer cumprir a Lei 1618/16, quanto à proibiçao de comércio de animais em via pública. "A Remca vem fazendo um trabalho sócioeducativo junto aos estabelecimentos e aos munícipes no sentindo de informar sobre a lei", esclareceu a ONG em sua rede social.

Em Salvador, a Prefeitura de sancionou, nesta sexta-feira (4), a Lei 8.898/2015, de autoria da vereadora Ana Rita Tavares (PMB), que regulamenta a reprodução, criação e venda de cães e gatos e outros animais na cidade.
 
Entre os principais artigos, está o que proíbe a exposição de cães e gatos (e outros animais) confinados em gaiolas ou similares, em vitrines, dentro ou fora de imóvel comercial; pet shops. A intenção é resguardar o bem estar dos animais e a segurança pública.
 
Ainda segundo a lei, a comercialização dos animais só poderá ser realizada através de amostras em catálogos contendo suas fotografias. Posteriormente, o comprador deve dirigir-se ao canil ou gatil onde o animal será entregue. A multa para quem desobedecer a Lei pode chegar a R$ 500 mil.

Denúncias de comércio de animais em via pública podem ser feitas pelo número 153 ou através do Wathsapp: (71) 99911-0153.

 


 


Notcias Relacionadas

  • I Seminário de Proteção Animal é realizado em Lauro de Freitas

  • Lauro de Freitas: PSD homologa Mirela como vice na chapa com Moema para disputa da prefeitura

  • Seleção Brasileira de Judô chega à Bahia para treinar nesta terça-feira no CPJ

  • Cadela prenhe é morta após ser amarrada e arrastada por caminhão em Lauro de Freitas-BA

  • Principal competição nacional de tênis de mesa é realizada em Lauro de Freitas


  • ComentriosComentar Notcia
    bWqApA7HiT3x
    01/03/2017 01:46
    the second bike lust worthy object I’ve seen in as many da8y2#s&30; I saw these super cool handmade bicycle boxes from Arborecycle on Scoutie Girl yesterday and fell in love. I’ve been trying to figure out what kind of basket or bike rack
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE