Comunicar Mais      
Grupo da Ufba representará o Brasil em competição de corte simulada em Direito AmbientalBahia    Imprimir

21/01/2017 01:00
Grupo da Ufba representará o Brasil em competição de corte simulada em Direito Ambiental
O trabalho defendido pela equipe durante a competição abordou dispositivos legais, como a convenção das Nações Unidas sobre o direito do mar e o protocolo de Kyoto

Edgardigital - Ufba 0 comentrio          

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) foi campeã nacional da 21ª edição da Stetson International Environmental Moot Court Competition 2016-2017, maior e mais importante competição de corte simulada em Direito Ambiental do mundo. O evento foi realizado em Salvador, entre os dias 12 e 14 de dezembro, com o tema “Fertilização dos Oceanos”. Ao vencer a seletiva brasileira, a equipe da Ufba se credenciou para participar da etapa internacional, que será realizada entre os dias 30 de março e 2 de abril, na Stetson University College of Law, na Flórida, Estados Unidos.

Voltada para alunos do curso de graduação em Direito, a competição consiste na simulação de um processo junto à Corte Internacional de Justiça. Os estudantes são avaliados quanto a sua capacidade de responder aos questionamentos dos juízes e de controlar sua argumentação. São considerados ainda critérios como profissionalismo, convencimento, organização, clareza, profundidade e completude da análise, conhecimento dos fatos e do Direito, comportamento e formalismo do orador no tribunal.

Os estudantes Ana Luísa Paranhos, Antônio Henryque Castro, Laísa Branco, Louise Bonfim, Mariana Choratto e Ruy Mello formaram a equipe que se sagrou campeã da etapa nacional, com a orientação do professor João Glicério Oliveira Filho. A Ufba venceu também os prêmios de melhor memorial escrito e o de melhor oradora da competição, recebido por Laísa Branco.

O trabalho defendido pela equipe durante a competição abordou dispositivos legais, como a convenção das Nações Unidas sobre o direito do mar e o protocolo de Kyoto, considerando temas importantes como as mudanças climáticas e a preservação do meio-ambiente marinho.

A representação da Universidade contou com o apoio do Núcleo de Competições Internacionais da Faculdade de Direito, projeto de extensão coordenado por João Glicério, que atua na capacitação dos estudantes para participar de competições de cortes simuladas (moot court) no Brasil e no exterior.

O professor explica que os estudantes que compõem a equipe vencedora foram selecionados para integrar o núcleo através de edital e passaram se dedicar ao projeto em reuniões semanais.  “Essa experiência contribui para a formação acadêmica, preparara os estudantes para o trabalho em equipe e para desempenhar as suas atividades profissionais na vida real”.

O coordenador do núcleo conta que o grupo está intensificando a preparação na reta final antes da próxima competição, com encontros que acontecem inclusive aos finais de semana e feriados. “Estamos nos empenhando bastante e a expectativa é de que possamos representar bem nosso país e nossa universidade neste evento em que iremos competir com instituições de ensino superior de todo o mundo”, concluiu.

 



Notcias Relacionadas

  • Projeto de vereadora destina verba de publicidade da Prefeitura de Salvador em campanhas de respeito aos animais

  • Animais e seus protetores ainda sofrem com a falta de serviços públicos em toda a Bahia

  • Investigação interna da Volkswagen indica colaboração da montadora com ditadura

  • Secretaria de Justiça promove mutirão de serviços gratuitos em Narandiba

  • Grupo de Direito Penal Internacional da Ufba representará Brasil em Haia

  • Atirador ameaça cães e seus guardiões no município de Central (BA)

  • Livro sobre Direito Municipal é lançado na Ucsal

  • Supremo Tribunal Federal considera vaquejada ilegal

  • Marcha da Defesa Animal acontece neste domingo (18) no Porto da Barra

  • Fazenda Coutos recebe serviços da Defensoria Itinerante

  • Ativistas pelos direitos dos animais pedem delegacia especializada a Rui Costa


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE