Comunicar Mais      
Nova série do CineBrasil TV traz José Carlos Capinan dirigido por Hermes LealCultura / Lazer    Imprimir

16/02/2017 17:15
Nova série do CineBrasil TV traz José Carlos Capinan dirigido por Hermes Leal
Em 'O Gravador de Histórias', Gereba abre seu acervo com memórias narradas por ele mesmo, de ícones da nossa cultura, com nomes como Luiz Gonzaga, Domiguinhos, Elba Ramalho entre outros

Redação CM 1 comentrio          

Já pensou mergulhar em um baú de história da Música Brasileira? Pois é isso que a série “O Gravador de Histórias”, junto com o cantor e compositor Gereba Barreto, vai proporcionar ao público brasileiro.

Com 50 anos de carreira, Gereba abre seu acervo com memórias narradas por ele mesmo, de ícones da nossa cultura, com nomes como Luiz Gonzaga, Domiguinhos, Elba Ramalho entre outros, contando histórias que fizeram parte de suas vidas.

O Gravador de Histórias é um docudrama, produzido pela
 TêmDendê Produções e um dos entrevistados e homenageados através da série será o compositor Capinan. Poeta e letrista, José Carlos Capinan é baiano, do município de Esplanada. Nasceu em 1941.

Em 1963, depois de uma fase em Salvador, mudou-se para São Paulo, onde trabalhou como publicitário e começou a compor. Hoje c
oordenador do Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Muncab), Capinan gravou seu relato e será uma das personagens do Gravador de Histórias. Para dirigir o episódio com Capinan, foi convocado o aclamado tocantinense Hermes Leal, que desembarcou essa semana em Salvador especialmente para comandar as gravações.

Além dele, outros cineastas como Ruy Guerra e Pola Ribeiro também participaram do projeto, que tem roteiro de Gustavo Erick e Tiago Pinho. A equipe, sob o comando de Hermes, segue da Bahia para o Rio Grande do Norte, onde vai gravar mais um episódio, desta vez sobre dona Militana. Ao todo, o Gravador de Histórias terá 13 episódios na primeira temporada e será exibido no Canal Cine Brasil TV. “Nós estamos muito atentos a esse conteúdo.

O projeto do Gravador de Histórias tem encantado toda a equipe e a opção de contar com um elenco de aclamados diretores, com visões diferentes, só agrega para o produto final que chegará nas telas. Esse leque de diferentes diretores, com bagagens e linguagens diferenciadas, é um dos nortes do nosso trabalho aqui na TemDendê”, conta Vânia Lima, diretora geral da produtora.


Notcias Relacionadas

  • Produtora baiana participa do Rio Creative Conference

  • Audiovisual: Conne e Ancine debatem propostas do FSA 2.0

  • NordesteLAB: TêmDendê Produções aprova cinco projetos para a rodada de negócios do evento

  • Projeto da TêmDendê Produções será apresentado em seminário da Ancine

  • Vídeo mostra cão sendo forçado a nadar em gravação de filme: vereadora pede boicote

  • Curta Òrun Àiyé volta a Salvador em sessão única

  • Pola Ribeiro é o novo diretor de Conteúdos da TêmDendê e inaugura fase de expansão em co-produções nacionais

  • Bahia de Todos os Cantos estreia nova temporada no CineBrasil TV

  • Mostra Animal acontece em Salvador com filmes e feira vegana

  • Subúrbio Ferroviário recebe o Cine Bicho


  • ComentriosComentar Notcia
    lDS7ijsTH
    01/03/2017 00:08
    G’Day Steve,Dare i raise a mildly dissenting voice? “Why” is a great word to use if you want opinions. But if you want information,try the rest of Rudyard Kipling’s ‘serving men.’ They are “what, which, when, how and who.”Just a thrdght.RegaousLeon
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE