Comunicar Mais      
Integrante de grupo que participou de tentativa de assalto a banco em Olindina é presoBahia    Imprimir

13/12/2017 20:00
Integrante de grupo que participou de tentativa de assalto a banco em Olindina é preso
Homem foi um dos sobreviventes do confronto com policiais. Segundo a polícia, outros cinco morreram e um está foragido

Redação CM 0 comentrio          

Integrante da quadrilha que tentou assaltar o banco do município de Olindina, na manhã de terça-feira (12), Silvestre Santos Viana, 24 anos, foi apresentado na tarde de quarta-feira (13), no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Ele foi encontrado no meio da mata por equipes especializadas da Polícia Militar após horas de perseguição. Com a prisão dele, sobe para seis o número de participantes do crime localizados. 

Os outros cinco morreram em confronto, dentre eles, Alexandre Bento Ramos e Clodoaldo Rocha Santos, detento que fugiu em janeiro da Cadeia Pública de Salvador. 

Unido ao restante do grupo, Silvestre iniciou o roubo a uma agência bancária de Olindina, mas equipes do Pelotão do município, que integra a 6ª Companhia Independente da PM, impediram a ação, havendo o primeiro confronto. De acordo com o comandante de Policiamento Especializado, coronel Humberto Sturaro, após a primeira troca de tiros, as unidades especializadas foram acionadas, dando início à perseguição. 

“Eles fugiram inicialmente de carro, depois abandonaram o veículo e entraram na mata. Foram muitas horas de perseguição a pé e com o auxílio de um helicóptero do Graer. Eles se dividiram, mas não se entregaram e resistiram até o fim”, explicou. Ainda segundo o coronel, houve vários confrontos na mata com as unidades das companhias Independentes de Policiamento Especializado Nordeste e Litoral Norte. 



Com o grupo foram encontrados um fuzil airsoft, cinco revólveres, munições, cinco coletes balísticos, uma banana de dinamite e máscaras. Todo o material foi apresentado na Delegacia de Olindina, no mesmo dia da apreensão. 

De acordo com o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, o sítio onde a quadrilha se reunia antes de tentar cometer o assalto se trata de um imóvel alugado e a participação do proprietário do espaço será investigada. Disse ainda que buscas pelo sétimo participante do crime continuam.



ComentriosComentar Notcia

Ainda no existem comentrios para esta notcia.
Seja o primeiro a comentar!
PUBLICIDADE






PUBLICIDADE