Comunicar Mais      
Prodígio é promessa de time na EspanhaEsportes    Imprimir

07/04/2018 22:00
Prodígio é promessa de time na Espanha
Garoto de cidadania espanhola e brasileira tenta a sorte no Vitória mesmo já sendo preterido por grandes times internacionais

Wagner Ferreira 2 comentrios          

De olho nos craques do futuro, grandes times da Europa apostam, cada vez mais cedo, em jogadores mirins, garimpados nas mais diferentes partes do Mundo. Real Madrid, Barcelona, Paris Saint Germain, são exemplos de clubes de renome que mantêm olheiros atentos ao próximo Messi, Cristiano Ronaldo, ou até mesmo Neymar.

No Brasil, muitos desses jogadores não são aproveitados pelos nossos clubes, pra azar das nossas agremiações, pois quando encontrados pelos emissários europeus, terão pela frente a chance que muitos garotos sonham: jogar em um grande time europeu. 

Um desses garotos é o pequeno Adrían Souza, de 7 anos de idade. Filho de pai brasileiro e mãe espanhola, ele tem dupla nacionalidade e já faz parte das divisões de base do T. Levante, clube da primeira divisão da Espanha, que atualmente disputa a La Liga. Seus principais adversários são o Valência e o Villareal.  

De férias em Salvador, Adrían realizou teste na franquia do PSG na cidade e foi elogiado pelos olheiros, principalmente pela sua visão de jogo e virada de bola. 
Neste sábado, (7) ele tentou a sorte no Vitória, e mais uma vez recebeu elogios por avaliadores e meninos que disputaram a peneira com ele. Detalhe: o pai de Adrían afirma que o filho joga futebol há apenas 7 meses. “Ele nunca teve qualquer contato com o esporte. Nunca o levei para assistir partidas de futebol; não jogava nem em video game”, garante o músico Igor Tavan.



O nascimento de um craque – Filho de mãe espanhola e do músico de jazz e pedagogo brasileiro Igor Tavan, Adrían Souza seguiu as orientações de grandes técnicos de futebol, que recomendam que uma criança comece no esporte aos 6 ou 7 anos de idade, mesmo sem ter visto nenhum jogo, nem conhecer regras nem táctica.

Desta maneira, a criança aprende do zero. Tudo mais é intuição. E quando ajudado pela genética, nasce um grande craque. 

Ao observar Adrían jogar, é possível perceber que ele corre como um meio-campista: pensa rápido e inteligentemente ao passar a bola, utilizando qualquer uma das duas pernas. Técnica adquirida há 7 meses, período que atua no T. Levante, clube que, assim como o Vitória no Brasil, é referência na divisão de base em Valência, na Espanha. “Faço um esforço semanal treinando com o Adrián fundamentos do futebol. Revisamos cada detalhe dos nossos treinos”, explica Igor, que grava todos os jogos disputados por Adrían nos campeonatos que disputa na Espanha.  



A comunidade de Valência possui três  times na "Liga Espanhola de Futebol": Valência, Levante e Villarreal. Adrián tem a sorte de estar no futebol de base do T. Levante, que tem todas as categorias consideradas por lá “Classe A (Na Espanha chamada de Super Liga).

O pequeno prodígio também foi semifinalista na Copa Federação, da comunidade Valenciana. No “Torneio de La Cerámica en Onda”, seu time ficou atrás apenas do Barcelona e do Valência. A disputa é considerada a mais importante de Valência.

Em Salvador, Adrían foi convidado para jogar na franquia do Paris Saint Germain na Bahia e no sábado (7), participou de peneira no Vitória. 


Notcias Relacionadas

  • Jogadores brasileiros processam produtoras de games de futebol por direitos de imagem

  • Morre Carlos Alberto Torres, capitão da seleção tricampeã de futebol

  • As chances de Bahia e Vitória; subir, descer, ficar?

  • Polícia apreende 15 ingressos que seriam vendidos irregularmente nos jogos olímpicos

  • Schweinsteiger anuncia aposentadoria da seleção da Alemanha

  • Neymar é finalista da Bola de Ouro ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo

  • Vitória empata sem gols com o Bahia e conquista o Campeonato Baiano sub-15

  • Marin concorda com extradição para os EUA, diz Justiça suíça


  • ComentriosComentar Notcia
    Patricia
    18/04/2018 15:18
    Talento descoberto de joven + esforço + ilusão. Assim começa a biografia de grandes nomes em todas as áreas...Muita sorte na carreira Adrian.
    Victor
    16/04/2018 07:23
    Bonita historia entre padre e hijo. Éxitos para Adrián.
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE