Comunicar Mais      
Gorduras vegetais são mais saudáveis que as de origem animal, revela pesquisaCiência & Tecnologia    Imprimir

02/05/2018 01:00
Gorduras vegetais são mais saudáveis que as de origem animal, revela pesquisa
Pesquisadores analisaram padrões alimentares de cerca de 100 mil pessoas durante 22 anos. Foi concluído que gorduras monoinsaturadas das plantas estavam associadas a um menor risco de morte por doenças cardíacas

Redação CM 0 comentrio          

Sempre ouvimos falar que alimentos como abacate, azeite de oliva e nozes são ricos em gordura, mas que isso não quer dizer que eles não sejam saudáveis. Por quê? Bem, como mostra um novo estudo divulgado pela American Heart Association, nem todas as gorduras são constituídas da mesma forma.

Os pesquisadores analisaram os padrões alimentares de cerca de 100 mil pessoas durante 22 anos. Eles descobriram que as gorduras monoinsaturadas das plantas estavam associadas a um menor risco de morte por doenças cardíacas e outras causas, enquanto as gorduras monoinsaturadas de produtos de origem animal estavam associadas a um risco maior. 

Os participantes do estudo que consumiram muitas gorduras vegetais tiveram um risco 16% menor de morrer de doenças cardíacas do que aqueles com menor ingestão, enquanto aqueles que consumiram muita gordura animal tiveram um risco 21% maior do que aqueles que consumiram menos.

Marta Guasch-Ferre, pesquisadora associada da Escola de Saúde Pública de Harvard e co-autora da pesquisa, disse:

“Temos observado um papel benéfico das gorduras monoinsaturadas para a prevenção da mortalidade cardiovascular e total quando os alimentos à base de plantas são as fontes primárias de gorduras”.

De acordo com Guasch-Ferre, os diferentes efeitos das gorduras vegetais versus animais são provavelmente devidos aos outros nutrientes que os alimentos contêm. As fontes vegetais de gorduras monoinsaturadas são tipicamente ricas em vitaminas, polifenóis e gorduras polinsaturadas, gorduras de cadeia mais longa conhecidas por afetar positivamente o coração. Em compensação, as fontes de gorduras animais, como carne, laticínios e ovos, contêm altos níveis de gordura saturada e colesterol, que são conhecidos por causar doenças cardíacas.

Inúmeros estudos provam que a dieta vegetariana é significativamente mais saudável do que a dieta à base carnes. Os cientistas mostraram que uma dieta sem carne, leite e ovos reduz o risco de câncer, doenças cardíacas, diabetes e obesidade. Na verdade, pesquisadores da Mayo Clinic descobriram que pessoas que seguiam a dieta vegetariana há muitos anos viviam em média 3,6 anos a mais do que as que comiam carne.

Mas tirar alimentos de origem animal do nosso prato não é apenas ótimo para sua saúde; também protege o planeta e poupa os animais de criação de uma vida miserável.

De jogar filhotes em maceradores a roubar bezerros de suas mães, as indústrias de carne, laticínios e ovos rotineiramente abusam de animais. O pior é que essa tortura sistemática é 100% legal.

Fonte: Escolhaveg



Notcias Relacionadas

  • Abate de animais cresce no país no terceiro trimestre

  • Vídeo: Feira Agroecológica da Ufba incentiva a alimentação saudável

  • Mostra Animal acontece em Salvador com filmes e feira vegana


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE