Comunicar Mais      
UFRB reage contra cortes financeiros durante cortejo do 2 de JulhoBahia    Imprimir

03/07/2018 11:00
UFRB reage contra cortes financeiros durante cortejo do 2 de Julho
Além do baixo orçamento aprovado em 2018, Governo Federal editou a Medida Provisória 839/2018 para compensar gastos gerados pelo acordo com os caminhoneiros

Redação CM 0 comentrio          

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participou, em Salvador, da mobilização “2 de Julho em Defesa da Ciência”, convocada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que completa este ano sete décadas de atuação.

A , no Largo da Lapinha, por ocasião dos festejos da Independência da Bahia, data que marca o calendário político, histórico e popular baiano.

A participação na mobilização é uma reação da UFRB contra os cortes financeiros no Orçamento Geral da União destinados a Educação, Saúde, Ciência e Tecnologia nos últimos anos, que têm atingido diretamente o funcionamento das instituições públicas de ensino, de fomentos à pesquisa e à inovação tecnológica, em empresas inovadoras e instituições de ciência e tecnologia. Os cortes prejudicam, também, o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS); os Programas de Educação do Campo (Incra) e Educação e Formação em Saúde.

Além do baixo orçamento aprovado em 2018, outro agravante para as áreas foi a Medida Provisória 839/2018, editada pelo Governo Federal para compensar os gastos gerados pelo acordo com os caminhoneiros. Essa medida reduziu ainda mais os recursos em quase R$ 800 milhões destinados a instituições subordinadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e não deve ser minimizada.

Outras mobilizações - A SBPC convocou as sociedades científicas afiliadas a realizar atividades culturais e manifestações públicas em defesa da ciência e da educação e contra os cortes orçamentários no Dia Nacional da Ciência e no Dia Nacional do Pesquisador, registrado no Dia 08 de julho. O objetivo é chamar a atenção da população para a grave crise dessas áreas no Brasil.

Em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG) os eventos de protesto estão marcados para o próximo dia 8; em Brasília (DF) acontece no próximo dia 12, no Plenário da Câmara dos Deputados, com a participação de representantes de entidades científicas e deputados.



Notcias Relacionadas

  • Pesquisa revela perfil dos estudantes das Universidades Federais

  • Inscrições para Fies estão abertas a partir de hoje

  • Projeto de vereadora destina verba de publicidade da Prefeitura de Salvador em campanhas de respeito aos animais

  • Produções independentes ganham espaço e alcançam a liderança na TV aberta

  • A Chave: TV Aratu estreia programa sobre educação no Brasil

  • Renovação de matrícula na Educação Infantil de Salvador começa nesta sexta (1º)

  • Atenção à primeira infância mobiliza ação voluntária de oito multinacionais

  • Nova lei municipal define exigência de atestado médico em academias de Salvador

  • Metade dos cursos da Ufba avaliados pelo Enade tem conceito máximo

  • Abertas as inscrições para vagas remanescentes do Fies

  • Professores das quatro universidades estaduais paralisam atividades nesta quarta-feira (20)

  • Governo distribui livros para formação de professores da educação infantil

  • Estudantes podem usar Ambiente Web para manter ritmo de estudos durante o recesso

  • Centro Juvenil de Ciência e Cultura oferece vagas gratuitas para Oficinas de Férias

  • Alunos da rede estadual podem renovar matrícula até 30 de dezembro


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE