Comunicar Mais      
​Conselho Municipal de Bem Estar dos aliadosOpinião    Imprimir

13/12/2018 11:59
​Conselho Municipal de Bem Estar dos aliados


Ana Rita Tavares* 0 comentrio          

A aprovação do Conselho Municipal de Bem Estar, Proteção e Defesa dos Animais, na terça-feira (11) na Câmara Municipal de Salvador, não contempla os anseios da maioria de protetoras, protetores e Ongs, principais atores no acolhimento dos bichos. Recompensa, sim, aliados do prefeito ACM Neto.

O substitutivo aprovado na Câmara de Vereadores - com votos contrários a alguns artigos entendidos por mim e pela oposição como nocivos à democracia – Não traz benefícios reais à fauna de Salvador, mas encerra questões decisivas para a cidade, a exemplo da criação de uma unidade administrativa, que ficaria responsável pelo desenvolvimento e execução das ações de proteção e defesa dos animais domésticos e silvestres.

Em fevereiro deste ano, apresentei uma proposta para criação de conselho semelhante. Foi a minha última tentativa de ver um projeto genuinamente construído pelo movimento de proteção animal de Salvador e colocado a serviço do povo soteropolitano. Mais uma vez me frustrei. E, em maio, decidi deixar a base de apoio do chefe do Executivo Municipal na Câmara de Salvador. 

Diferentemente do aprovado, meu Projeto de Indicação previa maior participação popular por meio das Ongs com rotatividade entre elas, o que não acontece no Substitutivo ao Projeto de Lei nº 297/2018, que dispõe sobre as alterações na estrutura organizacional da Prefeitura Municipal de Salvador. 

Há anos, ativistas e Ongs de Salvador já cobram a implementação, por parte da Prefeitura, de políticas públicas de atenção aos animais. As vozes do movimento soteropolitano de defesa dos animais, maciçamente por mim representado, mais uma vez não foi ouvida por Neto. 

Em 2012, durante a sua primeira 
disputa à Prefeitura, eu eleita vereadora com 10.039 votos, Neto me procurou e disse após o fim do primeiro turno: “você me apoia no segundo turno e garanto um hospital para seus bichinhos, vacinação antiviral e a execução do Castramóvel”, prometeu o postulante. Ele cumpriu o que disse parcialmente acatando nosso projeto do Castramóvel, o qual entreguei  nas mãos do prefeito “mastigado”. Digo isso porque assessorei sua equipe, não só legislativamente, mas também na parte da execução, desde a escolha do ônibus, que estava abandonado numa garagem no bairro do Pau Miúdo, até seu primeiro dia de funcionamento. 



Agora, como uma espécie de retaliação, não só a mim, mas a todos que acreditam no meu trabalho - pelo fato de estar cansada de esperar o que nunca viria e, com isso, passado a apoiar o governador Rui Costa - Neto, como menino birrento, dá aos irmãos Moraes, principais engodos da causa animal, o protagonismo no pseudoconselho. Por puro pragmatismo político, Neto fecha os ouvidos para a voz de quem sempre se fez ouvir em nome daqueles que não têm voz.

Atualmente, a Prefeitura de Salvador oferece, apenas, os serviços de vacinação antirrábica e de castração de cães e gatos, mas em quantidade insuficiente à necessidade local. Ou seja, muito pouco. 

Permanecem sem a devida cobertura, por parte do Poder Executivo Municipal, questões cruciais, como: esterilização e cuidados pós-operatórios de cães e gatos em situação de rua, promoção da adoção responsável, educação em prol dos direitos animais e o atendimento médico veterinário gratuito. Todas essas lacunas seguem sem ser preenchidas pelo prefeito em seu sexto ano de administração. 

Minha mudança de lado não foi uma traição política, mas a busca de uma nova via para aqueles que sempre defendi e são o principal motivo do meu mandato: os animais.


*Vereadora de Salvador pelo PMB, advogada e auditora jurídica do TCE 
 


Notcias Relacionadas

  • Animais e seus protetores ainda sofrem com a falta de serviços públicos em toda a Bahia

  • ACM Neto diz que grandes proprietários de terrenos tentam pressionar TJ-BA

  • Salvador: prefeito anuncia novos nomes para Sucop e Cogel

  • Ana Rita Tavares recebe homenagem de instituto mineiro por relevante atuação na política

  • Audiência pública debate criação do Conselho Municipal de Bem Estar Animal

  • Câmara Municipal de Salvador tem novo presidente e integrantes da Mesa Diretora

  • Desembargador Augusto de Lima Bispo recebe título de cidadão de Salvador

  • Dia Mundial dos Animais é comemorado na Câmara Municipal de Salvador

  • Câmara Municipal de Salvador promove atividades em comemoração ao Dia da Mulher

  • Campanha de combate à violência contra a mulher é lançada pela Câmara de Vereadores

  • ONG mostra a luta por sobrevivência de um cão nas ruas da Índia


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE