Comunicar Mais      
​Audiência pública discute violência contra protetoras de animais na Câmara de SalvadorPolítica    Imprimir

08/05/2019 02:07
​Audiência pública discute violência contra protetoras de animais na Câmara de Salvador
Agressões a mulheres que denunciam maus tratos a animais são recorrentes em todo País

Redação CM 0 comentrio          

Pelo seu perfil de cuidar, as mulheres são maioria em grupos de assistência, sejam voltados às pessoas ou aos animais. Essa característica faz com que o sexo feminino esteja exposto a retaliações de agressores após a atuação dessas militantes. 
Pensando nisso, a vereadora e ativista pelo direito dos animais, Ana Rita Tavares (PMB), discute o tema 'Violência contra Protetoras de Animais' no dia 17 de maio, às 19h, na Câmara Municipal de Salvador. 

O debate, que acontece no Centro de Cultura da Câmara, "será uma ótima oportunidade para que possamos debater o tema e encontramos formas de solucionar esse problema que infelizmente tem acontecido com frequência a essas guerreiras, que tanto fazem na falta de ações do poder público", explica Ana Rita. 
____________________________________________________________________

 
Serviço

O quê: Audiência Pública sobre violência contra protetoras de animais
Quando: sexta-feira 17 de maio, às 19 horas
Onde: Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador 
(subsolo do prédio da Prefeitura de Salvador)
Entrada: franca com direito a um coquetel de confraternização


 


Notcias Relacionadas

  • I Seminário de Proteção Animal é realizado em Lauro de Freitas

  • 3º Curso de Formação de Oficiais da Proteção Animal é realizado em Salvador

  • Escritoras baianas são protagonistas de nova série para Televisão

  • Vereadora Ana Rita se solidariza com a morte de parlamentar e seu motorista no Rio de Janeiro

  • Bloco feminista desfila contra o machismo e a misoginia no Rio de Janeiro

  • SPM e GMS firmam parceria para curso de defesa pessoal para mulheres


  • ComentriosComentar Notcia

    Ainda no existem comentrios para esta notcia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE