Comunicar Mais      
 
Ex-policial Derek Chauvin é condenado por morte de George FloydMundo    Imprimir

20/04/2021 18:59
Ex-policial Derek Chauvin é condenado por morte de George Floyd
Durante a prisão mostrada em vídeo, Chauvin pressionou o joelho no pescoço de Floyd, que estava algemado, por mais de nove minutos

Agência Brasil 0 comentário          

O ex-policial de Mineápolis Derek Chauvin foi condenado nesta terça-feira (20) por homicídio no episódio de prisão e morte de George Floyd, um marco na história racial dos Estados Unidos e uma repreensão ao tratamento dado pela polícia aos negros no país.

O júri de 12 membros considerou Chauvin, de 45 anos, criminalmente responsável pela morte de Floyd, após três semanas de depoimentos de 45 testemunhas, incluindo transeuntes, policiais e especialistas médicos. Os jurados iniciaram suas deliberações na segunda-feira (19).

Em um confronto mostrado em vídeo, Chauvin, que é branco, pressionou o joelho no pescoço de Floyd, um homem negro de 46 anos algemado, por mais de nove minutos, no dia 25 de maio de 2020, quando ele e três colegas policiais detiveram Floyd, que foi acusado de usar uma nota falsa de US$ 20 para comprar cigarros em um supermercado.

A morte de Floyd gerou protestos contra o racismo e a brutalidade policial em muitas cidades dos Estados Unidos e ao redor do mundo no ano passado. O tribunal de Mineápolis foi cercado por barricadas e vigiado por agentes da Guarda Nacional.


Notícias Relacionadas

  • Morto aos 76 anos, ex-deputado baiano é autor da lei que tornou o racismo crime inafiançável

  • Exposição sobre Martin Luther King é destaque do Novembro Negro em Salvador

  • Inscrições para curso gratuito de empreendedorismo encerram nesta quinta-feira


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE