Comunicar Mais      
 
Promotoria de Justiça denuncia mãe de Gael pela morte do filhoSegurança    Imprimir

21/05/2021 08:50
Promotoria de Justiça denuncia mãe de Gael pela morte do filho
Exame de insanidade mental da acusada foi pedido pela promotoria

Redação CM 0 comentário          

O Ministério Público de São Paulo denunciou, na quinta-feira (20) Andréia Freitas de Oliveira, 37 anos, pela morte do seu filho Gael Freitas Nunes de Farias, de 3 anos. O promotor de Justiça Neudival Mascarenhas Filho a acusou de homicídio doloso qualificado por meio cruel, sem prestar socorro imediato e contra descendente. De acordo com a denúncia, no dia 10 de maio, Andréia agrediu o filho no apartamento da família, onde o matou por asfixia. Tudo aconteceu no bairro Bela Vista, em São Paulo capital.

De acordo com o laudo necroscópico, o menino teve o nariz e a boca tapados e o pescoço apertado. Segundo os médicos, Gael sofreu também traumatismo e fratura no crânio.

A promotoria pediu à Justiça que seja feito um exame de insanidade mental na dona de casa. Testemunhas relatam que Andréia já teria tido outros surtos psicóticos, fato confirmado pelo ex-marido da mulher, durante depoimento à polícia.

Andréia encontra-se presa preventivamente na cidade de Tremembé, interior de São Paulo. A defesa da mãe de Gael alega que ela não se lembra de nada devido ao surto psicótico.

Já a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que a Polícia Civil concluiu o inquérito e constatou que “a responsável pelo crime foi a mãe da vítima”.

Caso o juiz Roberto Zanichelli Cintra, da 1ª Vara do Júri, aceite o pedido de denúncia feita pela promotoria, Andréia vai se tornar ré no processo e pode ser levada a juri popular pelo crime. 


ComentáriosComentar Notícia

Ainda não existem comentários para esta notícia.
Seja o primeiro a comentar!
PUBLICIDADE






PUBLICIDADE