Comunicar Mais      
 
​Engenheiro sanitarista baiano alerta população sobre os riscos da falta de saneamento básicoBrasil    Imprimir

25/11/2021 11:15
​Engenheiro sanitarista baiano alerta população sobre os riscos da falta de saneamento básico


0 comentário          

Entrevista
Por Cláudio Max

Diego Lopes Marinho, 36 anos, é empresário, engenheiro sanitarista ambiental e pós-graduado em gestão de qualidade e segurança do trabalho// 

Diante do triste cenário do País, onde 100 milhões de pessoas não têm acesso a saneamento básico, (dados do IBGE) Marinho decidiu, ainda na infância, mudar, não só a própria vida, mas ajudar as pessoas a sair de tal situação constrangedora. Ele foi morador em uma comunidade na cidade de Simões Filho, região metropolitana de Salvador.

 
“Senti de perto o sofrimento de não ter saneamento nas casas. Isso mexeu comigo e resolvi mudar aquela situação. O mau cheiro dos esgotos a céu aberto, descarte de lixos de forma irregular e doenças provenientes do descuido com o meio ambiente não podem ser uma coisa aceitável à sociedade. É preciso que tenhamos esse entendimento”, relatou. 

Já na fase adulta e formado, ele carrega inúmeros trabalhos de excelência que foram desenvolvidos em comunidades carentes, empreendimentos privados e públicos. Mas, Diego não parou por aí.

O mais recente projeto de sucesso foi a implantação de uma grande estação de tratamento de esgoto no Aeroporto de Salvador.
Esta estação, com alta tecnologia, possui uma ultrafiltração, ou seja, entra água do esgoto e sai apenas moléculas de água limpa, fazendo com que ela seja reutilizada nas descargas, lavagem de pátios e etc.

“Para mim, foi de suma importância participar dessa implantação, nosso trabalho foi modelo para outros aeroportos, inclusive fora do Brasil. Fico feliz de ter feito parte dessa iniciativa que de fato melhora não só o meio ambiente, mas gera um grande impacto na sustentabilidade”, pontou.

Além de atividades desenvolvidas em prol do coletivo, o jovem engenheiro já trabalhou em empresas multinacionais, desenvolvendo trabalhos no segmento Sustentabilidade e Meio Ambiente.


Notícias Relacionadas

  • Cães comunitários que vivem no Parque da Bolandeira são ameaçados de despejo pela Embasa

  • Abastecimento de água em Salvador e região será temporariamente interrompido quarta-feira

  • Embasa interrompe abastecimento nesta quinta-feira para manutenção preventiva em Salvador e RMS

  • Débitos de água e esgoto podem ser negociados no Feirão do Nome Limpo


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE