Comunicar Mais      
 
Sucom aprende 11,6 mil latas de cerveja em dois dias de CarnavalGrande Salvador    Imprimir

04/02/2016 16:00
Sucom aprende 11,6 mil latas de cerveja em dois dias de Carnaval
Em supermercado na Barra, órgão limpa estoque da Ambev alegando venda em atacado

Redação CM 1 comentário          

Em apenas dois dias de Carnaval, 11,6 mil latas de cerveja já foram apreendidas por fiscais  da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom). Na quinta-feira (4), a ação se concentrou na Barra (1.128 latas) e em um depósito e um caminhão (6.966), no Campo Grande. Na quarta-feira (3), abertura da festa, outras 3.552 latinhas na nos circuitos Dodô e Osmar também foram recolhidas.

Não bastando a apreenção feita dentro do circuito da folia, os supermercados do entorno também viraram alvo dos técnicos da Sucom. Na manhã desta quinta-feira, o Hiperideal da Rua Marquês de Caravelas, na Barra, teve todo seu estoque de cervejas da marca Skol apreendido.


Moradores da região foram impedidos de comprar produtos da cervejaria Ambev, que detém as marcar Brahma, Skol, Antártica entre outras. Uma das alegações dos agentes do órgão da prefeitura era que o estabelecimento estava vendendo bebidas em atacado da marca que não patrocina o Carnaval, no caso a Schincariol, que tem exclusividade na venda no circuito do Carnaval. "As cervejas, refrigerantes e outros tipos de bebida foram recolhidos porque estavam em área de proteção de marca e restrição comercial, onde podem ser vendidos apenas produtos credenciados da marca patrocinadora", justificou em nota o órgão. Ainda foram apreendidos toldos das marcas proibidas na Sabino Silva, na Barra. transfer news

As sanções adotadas são respaldadas no Decreto Municipal 20.505/2009, que disciplina o licenciamento e a fiscalização para o Carnaval e festa populares em Salvador. Também nesta quinta-feira, fiscais da Sucom orientaram donos de estabelecimentos dos circuitos para comercializar apenas bebidas do patrocinador oficial do Carnaval.

A Operação Carnaval da Sucom conta com 360 profissionais, entre engenheiros, arquitetos e fiscais, e se estenderá até o fim do Carnaval. Durante esse período, os profissionais da secretaria estarão nas ruas para fiscalizar camarotes, publicidade e atividade irregular, além de produtos de marcas que não estão autorizados a ser comercializados na festa por conta do contrato com o patrocinador oficial.


Notícias Relacionadas

  • Com suspensão do Carnaval, órgãos municipais funcionam normalmente

  • Prefeitura de Salvador paga SOS Cultura nesta quinta-feira

  • Chope com ciência: Salvador no festival internacional de palestras em bares

  • Pesquisadora da UFBA identifica poluentes na Antártida e vence prêmio 'Para Mulheres na Ciência'

  • Navios brasileiros vão apoiar pesquisadores na Antártica


  • ComentáriosComentar Notícia
    3VSPXGnl0ILf
    01/03/2017 02:04
    While she didn’t say they were too small she did go out just last week and buy a bunch of new ones from the “Lactation Corner.”She posted pics and they were sized 34 DD…her &#r8a0;regul22” bra size.
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE