Comunicar Mais      
 
Eurocopa: Uefa rejeita pedido de 'luzes do arco-íris' em MuniqueEsportes    Imprimir

22/06/2021 12:14
Eurocopa: Uefa rejeita pedido de 'luzes do arco-íris' em Munique
Prefeito da cidade disse que iluminação seria protesto contra nova lei húngara que proíbe a disseminação de conteúdos considerados promoção à homossexualidade e mudança de sexo

Agência Brasil 0 comentário          

A União das Associações Europeias de Futebol (Uefa) rejeitou um pedido do prefeito de Munique, Dieter Reiter, para que o estádio da cidade alemã seja iluminado com as cores do arco-íris na partida da Euro 2020 entre Alemanha e Hungria na quarta-feira (23).

Reiter disse que a iluminação seria um protesto contra uma nova lei húngara que proíbe a disseminação de conteúdos que se considere promoção da homossexualidade e da mudança de gênero nas escolas e limita a exposição midiática de conteúdo com homossexualidade em programas acessíveis a menores de idade.

Conhecido como Arena Allianz, o estádio que sedia o campo do Bayern de Munique é configurado de forma a permitir que toda a área externa e o teto sejam iluminados com várias cores.

Em um comunicado, a Uefa sugeriu datas alternativas para o gesto durante o torneio.

"A Uefa, através de seus estatutos, é uma organização política e religiosamente neutra. Dado o contexto político deste pedido específico - uma mensagem que visa uma decisão tomada pelo Parlamento nacional húngaro -, a Uefa precisa negar este pedido", disse a entidade em um comunicado nesta terça-feira (22). "A Uefa, entretanto, propôs que a cidade de Munique ilumine o estádio com as cores do arco-íris ou em 28 de junho - o Dia da Libertação da Rua Christopher - ou entre 3 e 9 de julho, que é a semana da Rua Christopher em Munique."

Os eventos do Dia da Rua Christopher são realizados em homenagem a uma revolta de homossexuais na cidade norte-americana de Nova York em 1969.


Notícias Relacionadas

  • Prefeitura de Salvador abre vagas para agente de operação durante Carnaval

  • Dia Nacional da Visibilidade Trans é celebrado em Salvador

  • Entidades defendem no STF mudança de registro civil para transexuais

  • Tribunal espanhol diz que Uefa e Fifa não podem impedir Superliga

  • Moscou convoca embaixador francês em protesto a Euro 2016 "anti-russa"


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE