Comunicar Mais      
 
PMBA apresenta projeto para evitar acidentes com animaisSeguran?a    Imprimir

10/09/2021 18:12
PMBA apresenta projeto para evitar acidentes com animais
Objetivo é colocar fitas refletivas nos animais para evitar colisões nas estradas

Redação CM 0 comentário          

Traçando a meta de diminuição dos acidentes envolvendo animais abandonados nas rodovias do médio Sudoeste, a Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRv/Itabuna) e a 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapetinga) apresentaram para representantes dos municípios da região o projeto “Pista não é pasto”. O encontro ocorreu, na sede da 8ª CIPM, na quinta-feira (9).

O projeto tem como objetivo colocar fitas refletivas nos animais para evitar colisões nas estradas. Anteriormente, a ação foi colocada em prática pelo Batalhão de Polícia Rodoviária. A próxima reunião, ainda sem data marcada, definirá a operação, como conta o major Edson Brito Júnior, comandante da CIPRv. “Entendemos que a prática de abandonar os animais é prejudicial para o bicho e também para quem dirige nas estradas. Então, para prevenirmos acidentes graves, indicamos o projeto”, finalizou.



Notícias Relacionadas

  • Novas regras de trânsito começam a ser aplicadas na segunda-feira (12) pelo Detran-BA

  • Dois carros capotam em menos de 6h em Salvador

  • Vistorias para mototáxi começam no próximo dia 25, em Salvador

  • Espetáculo teatral Depois de um Acidente de Trânsito ilustra realidade de famílias envolvidas com o tema

  • Carro sobe calçada e bate. Com ferimentos leves, homem é resgatado por mulher e abandona veículo em Piatã

  • Detran muda regras para oferta de habilitação de 'cinquentinhas'

  • Inscrições abertas para o 4º Concurso de Desenhos da Transalvador

  • Eventos realizados em dezembro alteram tráfego e estacionamento de Salvador

  • Festa de Santa Bárbara completa 374 anos em Salvador

  • Trânsito alterado em diferentes pontos da cidade neste final de semana


  • ComentáriosComentar Notícia

    Ainda não existem comentários para esta notícia.
    Seja o primeiro a comentar!
    PUBLICIDADE






    PUBLICIDADE